Estão Chamando Secretária Eletrônica de Inteligência Artificial – Luigi Benesilvi

(001/2022)

Em meados de dezembro de 2021 fiz uma compra pela internet no site de uma loja dos Estados Unidos e eles debitaram varias vezes a compra no meu cartão de crédito.

Liguei para o número de contato do cartão e fui atendido por uma voz de mulher pedindo para eu dizer o que eu queria.  Falei que queria contestar alguns débitos. Depois da voz dizer umas 10 vezes que não entendia e pedir para eu repetir o que eu queria fazer, ela finalmente desistiu e passou para um atendente humano.

Era uma moça que disse estar lá para me ajudar. Expliquei o ocorrido e ela simplesmente disse que nada podia fazer e que se eu tinha feito várias compras devia entrar em contato com a loja e pedir para removerem os débitos indevidos.

Não parecia ser melhor do que a “assistente de inteligência artificial”.

Falei para ela que o sistema do cartão devia ter inteligência para entender que não faz sentido algum alguém fazer seis comprar iguais em menos de cinco minutos, na mesma loja.

Depois de alguns xingamentos, voltei a ligar para a secretária eletrônica, onde repeti as mesmas frases e ela dizendo que não entendia, pedindo para repetir com outras palavras. Ela desistiu de mim novamente e passou-me para um atendente humano.

Às vezes pergunto se quem está falando é um ser humano ou uma máquina. Alguns acham engraçado e me atendem melhor. Desta vez era um homem, para o qual expliquei o ocorrido, pedindo para expurgarem os débitos indevidos. Ele disse que faria isso e cancelaria o cartão e que me enviaria um novo. Falou ainda que eu podia usar o aplicativo do banco para contestar débitos indevidos, se eu quisesse maior rapidez.

Baixei o aplicativo e entrei com os dados do meu cartão, pois queria ver se os débitos tinham mesmo sido cancelados, mas não consegui entrar porque aparecia o aviso que o cartão tinha sido bloqueado.

Dois dias depois, recebi uma mensagem no Messenger orientando-me a usar o aplicativo para pedir uma segunda via do cartão ou eu podia fazer isso no WhatsApp do banco mesmo.

Como estava impedido de entrar no aplicativo porque meu cartão havia sido cancelado, resolvi entrar no chat do WhatsApp.

Recebi uma resposta dizendo que para evitar o cancelamento do cartão eu devia primeiro consultar as compras no aplicativo do banco e apresentava duas alternativas de resposta:

1.Quero consultar os dados da compra e

2.Já consultei e não reconheci.

Como não tenho como acessar o aplicativo, não posso ver como estão meus débitos no cartão.

Depois de várias tentativas de entendimento, resolvi esperar a fatura chegar nos próximos dias e ver o que aconteceu, pois o cartão já está cancelado e não estou mais recebendo mensagens de novos débitos.

Consegui entrar em contato com a loja e fui informado que tentaram várias vezes realizar o débito, mas o valor na caia na conta da loja. Sugeriu usar cartão de outra operadora para refazer a compra. Resolvi não arriscar.

Recebi a fatura e não havia qualquer um dos débitos que apareciam nas mensagens das compras. Parece ter sido erro da operadora do cartão mesmo.

Recebi o novo cartão, fiz compras do exterior, pela internet e tudo passou a funcionar direito.

Uso esse cartão de crédito há mais de 30 anos, sem ter tido qualquer problema anterior. Ele é da bandeira Mastercard, originalmente da operadora Credicard, que o vendeu para o Citibank, que o vendeu para o Itaú, que o vendeu para o Banco Safra. A central de atendimento continua no Banco Itaú.

Entre as várias experiências com secretárias eletrônicas, tive com uma com a HP. Há alguns meses comecei a ter problemas para imprimir na minha velha impressora HP Deskjet 2450, pois quando aciono o aplicativo HP Smart, pede para fazer login na HP para poder usar a impressora.

Entrei no site da HP para cadastrar-me, mas achei um exagero as exigências de informações que pedem (nome, endereço, cpf, e-mail e outros dados). Nem a Receita Federal pede tantas coisas.

Já havia tido uma experiência ruim com a HP. Há cerca de uns 10 anos, reclamei via e-mail de um problema com uma agenda eletrônica dessa empresa. Nunca responderam o e-mail, mas até hoje recebo propaganda da HP pelo e-mail que forneci naquela ocasião.

Voltando ao caso da impressora. Resolvi dar um retorno à HP e entrei num chat da empresa. O chat é com um dispositivo automático, que eles têm coragem de chamar de “inteligência artificial”. Pede para escrever uma frase com o que queremos. Escrevi que queria usar a impressora sem logar-me no site da HP, como fazia antes.

Todas as vezes, eu recebia a resposta que não entendia o que eu queria e pedia para refazer a frase. Ficamos nesse “diálogo” por mais de meia hora, sem entendimentos de parte a parte.

Acabei deixando de usar o aplicativo da HP e estou fazendo as impressões por outros meios.

Consultei no google e encontrei centenas de queixas de usuários contra essas exigências da HP.

Li que o Bradesco tem uma “assistente de inteligência artificial”, chamada Bia, muito sensível. Tanto que esteve reclamando ter sido assediada por um usuário atrevido e prometeu ser mais severa em futuros casos de “assédio”, como pode ser visto na reportagem deste link.

Não sou cliente do Bradesco, mas tenho pena dos clientes desse banco que precisem usar esse sistema de contato.

Essas pragas que chamam de “assistentes com inteligência artificial”, nada mais são do que secretárias eletrônicas, com perguntas e respostas pré-programadas. Qualquer coisa fora do script delas acaba imediatamente com o “diálogo”.

O pior é que essas pragas estão sendo usadas cada vez por mais empresas, inclusive alguma empresinhas de “fundos de quintal”, que querem sinalizar modernidade tecnológica a seus pretensos clientes.

Tudo tem que ter cadastro, login, senha e escambau e na hora do retorno, só podemos “falar” com secretárias eletrônicas fajutas.

Parem o mundo que eu quero descer.

Luigi Benesilvi

-o-o-o-

Ir para a Página Principal do Blog
Youtube: http://www.youtube.com/c/LuigiBSilvi

Rumble: https://rumble.com/user/Benesilvi

Bomperfil.com@luigibenesilvi

Twitter: @spacelad43

Contato: spacelad43@gmail.com