A Espada da Jihad –  Ibn Q. Al Rasooli
 19 de outubro de 2017
A palavra Jihad tem origem na raiz da palavra árabe “Jahada”, que significa “esforço”, podendo manifestar-se de duas maneiras: espiritual ou física.

Jihadi e Quran
A manifestação espiritual é realizada pela determinação do indivíduo em sobrepujar quaisquer e todas as adversidades. É a VONTADE. Sem a componente física não tem condições de ser bem-sucedida.

É impossível para qualquer ser humano decente, que não leu o Corão de Maomé, sequer começar a imaginar, quanto mais entender o quão depravado é esse sistema de culto da fé, especialmente sob a perspectiva judaico-cristã.

Todos os líderes muçulmanos afirmam que a palavra Jihad refere-se apenas ao esforço espiritual de comunhão com Allah, enquanto, com cuidadosa malícia, deliberadamente iludem as pessoas ignorantes do Corão, pelo uso da dissimulação permitida pela religião de Allah, a chamada Taqiyah, para enganar os infiéis (Kuffar ou não muçulmanos).

Eles mencionam cinco pilares do Islã: Shahada (recitação da fé); Salat (preces); Zakat (caridade); Sawm (jejum); Haji (peregrinação à Mecca), enquanto deliberadamente omitem o sexto e mais importante pilar do Islã, chamado JIHAD.

Al Baqara 2.216: “A Jihad (guerra santa pela causa de Allah) é ordenada a vocês muçulmanos, mesmo que não gostem dela e pode ser que vocês não gostem de alguma coisa boa para vocês e gostem do que é ruim para vocês, mas Allah sabe o que é (bom ou ruim) e vocês não sabem”.

Sahih Muslim Hadith 4631 & 4626 Abu Huraira: “Eu ouvi Maomé dizer: … Eu louvaria se eu pudesse ser morto pela causa de Allah (Jihad) e então ser trazido de volta à vida para ser morto novamente na Jihad’”.

Sahih Al-Bukhari Hadith 4.50, como foi narrado por Anas bin Malik: “O Profeta disse, ‘Uma simples tarefa da Jihad (luta pela causa de Allah) {Qital fi Sabil Allah} é melhor que todo o mundo e tudo o que está nele”.

Sahih Al-Bukhari Hadith 4.73, como foi narrado por Abdullah bin Abi Aufa: O Apóstolo de Allah disse: “Saibam que o Paraíso está na sombra das espadas”.

A melhor e mais fácil maneira de compreender o Islã, os muçulmanos e a Jihad é usar a imagem de uma ESPADA.

Todas as espadas são feitas de dois componentes: a LÂMINA e a EMPUNHADURA, cada uma das quais não é tão letal como quando estão combinadas.

A Jihad Islâmica manifesta-se em duas formas: Jihad Combatente e Jihad Dissimulada. A lâmina da espada é representada pelos Jihadistas combatentes, como a al-Qaida, Estado Islâmico, Hamas, Hezbollah, al-Shabab e mais centenas dessas organizações terroristas chacinando não muçulmanos em todas as partes da terra.

A empunhadura da espada é representada pelos Jihadistas dissimulados, que os negligentes criminosos das elites da nossa mídia, academias, clérigos e políticos chamam de “maioria muçulmana silenciosa”.

Esses “muçulmanos moderados”, os Jihadistas Dissimulados, são os que armam, financiam, abrigam, informam, protegem e apoiam os Jihadistas Combatentes, sem os quais esses Jihadistas Combatentes colapsariam completamente.Jihadista com Corão

Ummat Muhammad (Nação do Islã), que compõe os 20% da humanidade menos produtiva, inventiva ou criativa está ameaçando todos os não muçulmanos, que eles chamam de Ummat al Kuffar (Nação dos Infiéis), os 80% da humanidade mais produtiva, inventiva, criativa e poderosa da história e mesmo assim nossos líderes estão fugindo assustados e sem noção, como galinhas sem cabeça.

Em conclusão e baseado inteiramente nos versos não sagrados do Corão, cada indivíduo muçulmano é um eterno e mortal INIMIGO de cada indivíduo não muçulmano (Kafir) da terra.

                                                        Ibn.Q. Al Rasooli

O texto original em inglês pode ser lido no link: https://pamelageller.com/2017/10/spear-of-jihad.html/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

Ir para a Página Principal do Blog
Contato: spacelad43@gmail.com
Canal do Youtube: http://www.youtube.com/c/LuigiBSilvi
Twitter: @spacelad43

Significado de algumas palavras árabes:
 
Jihad (Luta pela causa de Allah)
https://pensa960.wordpress.com/2017/09/03/jihad-luta-pela-causa-de-allah-peter-townsend/
Ahl-al-Kitab (Povo da Bíblia)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/ahl-al-kitab-povo-dabiblia-judeus-e.html
Kufar ou Kafir (não muçulmanos)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/kufar-descrente.html
ou
https://youtu.be/ulSHAlgKd_M
Dhimmi (vassalo)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/dhimmi-pessoa-protegida.html
Dar-al-Harb (Terra da Espada)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/dar-al-harb-terra-da-espada.html
Sharia (Lei Islâmica)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/sharia-lei-islamica.html
Riddah (Apostasia)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/riddah-apostasia.html
Taqiyya (Mentira)
http://blogdoluigib.blogspot.com/2016/03/taqiyya-dissimulacao-ou-mentira.html
Tawriya (Dissimulação)
https://blogdoluigib.blogspot.com.br/2017/03/dissimulacao-e-mentiras-no-isla.html

Alguns assuntos relacionados
 
É Verdade que no Islã é permitido Mentir?
https://pensa960.wordpress.com/2017/09/16/e-verdade-que-no-isla-e-permitido-mentir-ainaz-anni-cyrus/
Sharia para Não-Muçulmanos:
https://drive.google.com/file/d/0B_uDSKYpTRmWU3NRcVc5NVZUa28/view?usp=sharing
Uma Breve História do Islã
http://blogdoluigib.blogspot.com.br/2016/07/uma-breve-historia-do-isla.html
Arábico para Não-Crentes
https://drive.google.com/file/d/0B_uDSKYpTRmWOFpZTFZPaFE2Y0U/view?usp=sharing