O Que Não Estão Dizendo Sobre os “Coletes Amarelos” – Paul Joseph Watson
(11/01/2019)

O governo francês está tão apavorado pelo movimento dos “coletes amarelos”, que está debatendo novas leis para poder criminalizar todos os protestos não autorizados, significando que precisará ter permissão do governo para protestar contra o governo. Isso também conhecido como ditadura ou lei marcial.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 1Líderes dos protestos estão sendo algemados e sequestrados no meio da noite, como fazia a STASI, a polícia secreta da Alemanha Oriental.

O líder dos coletes amarelos, Eric Drouet, foi preso e pode ser julgado por “organizar uma manifestação não declarada, quando estava com amigos num restaurante”.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 2“Call of Duty Modern Warfare 3″ (2011) e Paris” (2019) estão parecidos e quando sua cidade parece com um “screenshot” de um vídeo game apocalíptico, todos os finais de semana, algo deu drasticamente errado. Sábado, a cidade de Corn-er-Houet parecia mais como um campo de batalha do que com uma cidade.

Ironicamente, comparando o “idealista manifestante antifascista – Antifa” com o “manifestante francês garotão” dos coletes amarelos, para as autoridades, o Antifa, escondido atrás de máscaras, não representa perigo real, porque só quebra coisas sem motivo. Já o sensual e esportivo “colete amarelo”, causa danos reais, porque quebra coisas por estar aborrecido com impostos.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 3Você sabe que não apoio violências, mas quando um cara clama que está aborrecido porque jogaram gás lacrimogênio na esposa dele e quando Christophe Dettinger, mesmo sendo massacrado pela mídia e autoridades tem sua casa invadida e revistada no meio da noite, tornou-se um ícone instantâneo, você sabe ao lado de quem o povo está.

Não quero ver Paris destruída, mas quando os Antifas atacam bancos, a esquerda aplaude! E quando coletes amarelos fazem o mesmo, encaram como o prenúncio da ditadura fascista!

O presidente Macron é um globalista autoritário e o único meio que os autoritários conhecem para reagir contra a desobediência civil é com violência!

A mal paga e sobrecarregada polícia francesa vai fatalmente juntar-se a seus compatriotas e enxergar que o rei está sem roupa!

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 4Como Tom Luongo escreveu: o movimento dos coletes amarelos é o prego no caixão da União Europeia porque mostra como

A União Europeia é uma fraude e todas as suas políticas são feitas para fazerem exatamente o que estão fazendo: empobrecendo as classes trabalhadoras e enriquecendo a aristocracia implantada por uma burocracia “Bizantina” que torna o mundo como o Brasil descrito por Terry Gilliam parecer o chão de uma fábrica da Toyota“.

Agora os ativistas coletes amarelos estão rasgando bandeiras da União Europeia.

Quando foi eleito, Macron foi saudado como o salvador do globalismo, mas apenas um ano depois sua aprovação está em 23% e seus cidadãos estão usando empilhadeiras para arrombar o prédio do Ministério das Finanças e Economia.

Enquanto isso, o “establishment” colocou em ação o “assassinato do caráter” do ainda pequeno, mas crescente, movimento dos coletes amarelos no Reino Unido.

A parlamentar Anna Soubry, foi chamada de NAZISTA, o que provocou a reação histérica da narrativa da mídia, de que novas leis devem ser aprovadas para prevenir abusos contra políticos.

Anna Soubry nunca depreciaria a classe trabalhadora chamando-os de nazistas ou fascistas ou chamaria?

Em 2018 Anna Soubry declarou que “essa gente é fascista!”

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 6Owen Jones é voz da classe trabalhadora, mas esse cavalheiro é só o tipo errado da classe trabalhadora, sim!

Onde estava o ultraje quando as crianças do parlamentar Jacob Rees-Mogg estavam sendo atemorizadas por pervertidos calhordas esquerdistas, que gritaram para elas: “seu papai, seu papai é uma pessoa horrível”?

E sobre a família de Nigel Farage sendo repetidamente atacada e atemorizada?

Temos aqui um duplo padrão realmente aqueles de nós que são contra o “establishment” estão sendo duramente abusados e os que estão a favor do “establishement” estão tendo um pouco disso também e subitamente eles querem que a lei mude!

A esquerda tem feito grosserias como essas durante anos, mas logo que um parlamentar do “establishment” leva um pouco disso, todos perdem controle e “molham a cama”. Dá um tempo!

Um político direitista da Alemanha foi espancado quase até a morte por terroristas da extrema-esquerda e isso quase não repercutiu na imprensa.

Jornais mostraram gritantes manchetes durante dois dias, por causa de alguém ter sido impertinente com Anna Soubry

Como parte de um esquema coordenado para “assassinar” digitalmente um dos líderes do movimento dos coletes amarelos no Reino Unido, suas contas de redes sociais foram banidas, contas do Paypal foram deletadas, teve expostas suas informações pessoais e jornalistas assediaram os idosos pais dele.

Milhares de jihadistas vasculham nossas ruas todos os dias e pessoas são esfaqueadas até à morte todo o santo dia, mas a polícia tem tempo para tirar das ruas algumas garotas de 13 anos de idade!

E tem aquele vídeo bizarro, que veio da Holanda mostrando uma mulher com colete amarelo sendo arrastada para longe do carrinho de seu bebê pela polícia!

Pode até ser apenas um treinamento policial, ou algum experimento social, mas é perturbador, de qualquer maneira.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 7Basicamente, os coletes amarelos são os novos “Máscaras Anônimas” É o símbolo unificador do fervor anti-establishment em toda a Europa. Parece que a única coisa mais provocativa que os coletes amarelos são as mulheres alemãs que usam tranças nos cabelos.

“Estávamos aqui na estação de trens de Banhnof e fomos paradas pela polícia e fui interrogada sobre qual era minha opinião política. Perguntaram se eu era da direita política por causa das minhas tranças. Estou chocada! Não sou nem de esquerda e nem de direita.”

Há também uma especulação surgindo, ainda não confirmada até agora, que os governos já estão conspirando com as redes da grande mídia de publicarem histórias pré-escritas se as tensões se expandirem.

Farão qualquer coisa possível para minimizar as chances das manifestações serem vistas como uma “Primavera Europeia”.

Já vimos canais de TV da grande mídia da França “maquiando” e censurando cartazes de protestos anti-Macron.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 8O movimento dos coletes amarelos atemoriza absolutamente as elites porque ele unifica aspectos tanto da esquerda quanto da direita.

O filósofo francês Alain de Benoist aponta que o movimento dos coletes amarelos é histórico, porque une gente com as mesmas aflições de ambos os lados do espectro político.

Vamos ter uma coisa clara: a razão pela qual o establishment odeia o movimento dos coletes amarelos é porque o establishment odeia a classe trabalhadora.

O motivo pelo qual “bocas-podres” esquerdistas como Owen Jones e adoráveis celebridades odeiam o movimento dos coletes amarelos é porque eles odeiam a classe trabalhadora, como escreveu num tweet Sally Wilton.

“A classe trabalhadora não é capaz de tomar decisões importantes. É por isso que eles são classe trabalhadora, em vez de líderes e profissionais” – Sally Wilton

Durante décadas deram falsos agrados à classe trabalhadora, enquanto se sentem merecedores dos votos deles e oferecendo a eles nada mais do que traições políticas e econômicas em retorno.

Padrões de vida afundando, salários estagnados, preços dos combustíveis na estratosfera e comunidades sendo destruídas graças à míope insistência na importação de milhões de migrantes “escravos assalariados”.

Agora a classe trabalhadora finalmente soube disso e retirou seu apoio e removeu seu fino véu de nojento elitismo e arrogância para ser completamente revelado em toda a sua fetidez e repulsividade.

o que não estão dizendo sobre os coletes amarelos 9Não sei para onde vai o movimento dos coletes amarelos, mas pode apostar por um fato que a reação do establishment vai tornar-se cada vez mais brutal, provando novamente que o globalismo só pode ser conseguido, às expensas da liberdade, prosperidade e dignidade de pessoas comuns da classe trabalhadora.

                                        Paul Joseph Watson

NOTA

O texto foi composto a partir das legendas deste vídeo do Youtube, legendado por Luigi Benesilvi.

Se for assistir o vídeo, lembre de ativar a opção de legendas em português. No iPhone, a opção aparece nos 3 pontinhos no canto superior direito da tela do Youtube ou no final da barra de reprodução (em tela cheia).

Ir para a Página Principal do Blog
Contato: spacelad43@gmail.com
Youtube: http://www.youtube.com/c/LuigiBSilvi
Twitter: @spacelad43