A tirânica ditadura das grandes corporações – Luigi Benesilvi

(14/03/2023)

Nos últimos anos tive algumas angustiantes experiências com algumas tirânicas ditaduras das grandes corporações. A experiência que estou tendo agora é da ditadura do cartão de crédito do banco Safra.

Há muitos anos eu tinha um cartão de crédito da operadora Credicard. Há alguns anos o cartão foi vendido para o Citibank, que depois o repassou para o banco Itaú, que em 2021 o vendeu para o banco Safra. Aí começaram meus problemas.

De cara tive vários problemas com uma compra internacional de uma loja dos Estados Unidos, pelos quais acabei tendo que bloquear o cartão.

Em novembro de 2021 recebi um novo cartão do Safra. Cadastrei-o em várias entidades em que costumava comprar com cartão de crédito. Até aí, tudo bem.

Em fevereiro de 2022 recebi outro cartão do banco Safra, com a orientação de substituir o anterior do Itaú, que ia ser cancelado.

Liguei para a operadora argumentando que já havia recebido o novo cartão do Safra e que o tinha cadastrado em várias entidades, não havendo necessidade de substituí-lo.

Mandaram e-mails e ligaram várias vezes ameaçando cancelar meu cartão se eu não desbloqueasse o novo cartão.

Bati pé e não desbloqueei o novo cartão e eles cancelaram o antigo. Aproveitei e pedi para cancelarem também o de minha esposa.

Paguei a última fatura, destruí os cartões e adquiri cartões gratuitos de outra operadora e esqueci o assunto.

Dia 6 de março de 2023 recebi um e-mail com uma fatura do cartão Safra no valor de 279,26 reais, referentes às anuidades dos meus dois cartões, incluindo multas e juros pelo atraso no pagamento.

Pensando ser algum golpe, liguei para a operadora e fui informado que os cartões não tinham sido cancelados. Pedi para cancelarem, mas a mocinha informou que, como não havia protocolo de cancelamento, eles só podiam ser cancelados depois de eu quitar a fatura em atraso.

Registro que o primeiro cartão foi cancelado pela operadora e eu nunca desbloqueei o segundo cartão, sendo, portanto, indevida a cobrança de sua anuidade.

Tentei entrar em contato com níveis superiores da operadora, sem sucesso.

Depois de considerar as alternativas possíveis e para não comprometer minha saúde mental na luta inglória contra essa tirânica corporação, que possui um quadro de advogados à disposição, resolvi pagar a fatura, o que fiz dia 8 de março.

Lá pelas 19 horas recebi um e-mail e um sms com os seguintes dizeres:

“Banco Safra: Sua atualização cadastral foi realizada com sucesso. Caso não tenha realizado entre em contato com a central

Liguei para a central, pois não tinha feito qualquer atualização cadastral e, depois de esperar 37 minutos ouvindo algumas baboseiras e musiquinhas, fui atendido.

Primeiro a moça me fez responder umas 10 perguntas sobre minha vida, “para sua garantia”, disse ela, para depois informar que as mensagens tinham sido enviadas por erro no sistema.

Cada vez que interrompia para consultar o cadastro, retornava falando o chavão do script “Obrigado por aguardar, desculpe a demora”, mesmo que só tivesse demorado menos de 20 segundos para voltar a falar comigo.

Como o pagamento da fatura ainda “não tinha entrado”, não pude realizar o cancelamento dos cartões.

Voltei a ligar para a central dia 9 de março de 2023, lá pelas 9 horas, para ver se conseguia cancelar os cartões.

Depois de esperar cerca de 45 minutos, consegui ser atendido, mas a moça informou que “o pagamento ainda não tinha caído”, por isso não podia fazer o cancelamento dos cartões.

Disse que o “pagamento demora uns 3 dias para cair”.

Na segunda-feira, 13 de março, lá pelas 8h30 liguei para a central de atendimento para cartões migrados e recebi a mensagem “se está ligando sobre a mensagem de atualização do cadastro, pode ficar tranquilo, pois seu cadastro não foi alterado”.

Depois de ouvir todo o blá-blá-blá e digitar meu cpf falei com uma atendente, para a qual expliquei a razão de querer cancelar os cartões. Ela disse que ia passar para a seção que cancela cartões. Pedi para ela me informar o número do telefone do cancelamento de cartões, mas ela disse que não podia dar o número, porque era um telefone interno.

Depois de esperar algum tempo, outra moça atendeu e eu pedi para cancelar meus cartões. Ela disse não ser da seção de cancelamento e me orientou a voltar para o menu inicial, me identificar e recomeçar o processo.

Fiz isso e depois de falar com duas atendentes, cheguei à seção de cancelamento. Respondi todas as perguntas, mas o rapaz disse que eu teria antes que fazer um bloqueio temporário dos cartões para garantir que não haveria mais débitos.

Assegurei a ele que não haveria mais débitos, pois fazia quase um ano que eu tinha destruído os malditos cartões e sequer sabia o número deles.

O atendente pediu que eu me acalmasse e alertou que ia fazer o cancelamento, mas se aparecesse mais alguma compra eu receberia outra fatura.

Para o registro do ritual falou “O senhor autoriza o cancelamento de seus cartões?” e eu respondi solenemente “Autorizo e peço, por favor, que cancele meus cartões de crédito.”

Finalmente recebi o número do protocolo do cancelamento: 20230724494570000.

Agora é esperar que tenham realmente cancelado os malditos cartões Safra, que tantos aborrecimentos e prejuízos me causaram.

Fiz também uma reclamação no site “ReclameAqui.com” e lá constatei que a operadora de cartões Safra é péssima e trata muito mal seus clientes.

Luigi Benesilvi

-o-o-o-

NOTA

Minha intenção inicial era só fazer um registro no site ReclameAqui, mas o atendimento foi tão ruim, que resolvi descrevê-lo aqui, para ter um registro, assim como fiz com outras grandes corporações, algumas das quais cito a seguir. Esta aqui foi da telefônica Claro. Esta outra foi da HP. Esta é das propagandas dirigidas ao espionarem nossos hábitos de compras. Esta é sobre o domínio dos grandes bancos. E esta é sobre as secretárias eletrônicas, que eles chamam indevidamente de “inteligência artificial”.

-o-o-o-

Ir para a Página Principal do Blog
Youtube: http://www.youtube.com/c/LuigiBSilvi

Rumble: https://rumble.com/user/Benesilvi

Bomperfil.com@luigibenesilvi

Twitter: @spacelad43

Contato: spacelad43@gmail.com